terça-feira, 24 de março de 2009

Joãozinho e o cinema pornô

O Joãozinho chega na portaria de um cinema pornô, e logo vai pedindo para entrar:
- Ô moço, deixa entrar aí, meu chapa?!
O cara, super chato, olhando para aquele pivete de oito anos, vai logo dizendo:
- Cai fora, ô ‘muleque’, e vê se não me enche o saco, não vê que esse é um filme para maiores de dezoito anos?!
Joãozinho, muito insistente, pede novamente:
- Por favor, meu amigo, só hoje!! Nunca mais te peço nada!!
- Já disse que NÃO!!!!!
- Vai deixar, não né?
- NÃO!!!!
- Tá bom, então…
Joãozinho então parou na frente do cinema, e começou a cuspir pra cima e aparando na cabeça, repetidas vezes, cuspindo e aparando… Até que o porteiro o interroga:
- O que você tá fazendo, animal?
- Só digo se me deixar entrar!!!!
- Já disse que não vou deixar!
- Tá certo, então não me amola!!
E continuou a cuspir pra cima e aparar na cabeça. O porteiro, já sem paciência:
- Tá bom, ‘muleque’, entra!
Joãozinho, feliz da vida, corre pra não perder toda a sessão. Quando volta, está com aquele sorriso de uma ponta a outra das orelhas. Já ia embora quando o porteiro o chama de volta:
- Eiii, onde pensa que vai?? Agora você vai me dizer o por que daquela marmota de cuspir pra cima e aparar na cabeça!!
- Sabe o que é, seu moço… na noite passada, eu perdi o sono e fui na cozinha tomar água, quando passei na sala, vi o meu pai em cima da minha mãe dizendo assim:
- Amor não entra, não entra!!!
Aí a mamãe respondeu:
- COSPE NA CABEÇA QUE ENTRA!!!!

Do Cogumelo Louco!!